publicidade
publicidade
Max:35° Min:18°
Araguaína
Araguaína-TO, segunda, 25 de junho de 2018
Siga a REDE TO

Educação

Colégio da Polícia Militar tem nona unidade implantada

25/05/2018 17h02 | Atualizado em: 25/05/2018 17h20

Divulgação Nova unidade do CPM será instalada no Colégio João XXIII; lançamento reuniu centenas de pessoas, nesta sexta-feira, 25

O município de Colinas do Tocantins, região norte do Estado, será contemplado com a décima unidade do Colégio da Polícia Militar (CPM). O anúncio foi realizado nesta quinta-feira, 24, pela gestora da Secretaria de Estado da Educação Juventude e Esportes (Seduc), Adriana Aguiar, durante solenidade de implantação do CPM. A ação aconteceu no prédio do Colégio João XXIII, local onde será instalada a nova unidade.

A ação em Colinas do Tocantins contou com um público estimado de 450 pessoas, destas, cerca de 200 eram alunos. As autoridades foram recepcionadas pela guarda de honra formada por ex-alunos do Colégio da Polícia Militar e membros da fanfarra da Polícia Militar de Araguaína.

De acordo com a Seduc, para a implementação do CPM no João XXIII, será realizada uma reforma para atender adequadamente ao sistema educacional e disciplinar das outras unidades do Colégio da PM no Estado.

Estrutura

Em Colinas, com capacidade para atender mais de 1000 alunos, a escola entrará em funcionamento a partir de janeiro de 2019, e ofertará do 6º ano do ensino fundamental a 3ª série do ensino médio.

Conforme o cronograma, o edital de inscrições será aberto no dia 1º de Outubro. As inscrições para os alunos estão previstas para 1º de novembro. A prova de seleção acontece em 9 de dezembro. A Seduc divulgará o resultado a partir de 23 de dezembro. Já as matrículas e início das aulas serão realizadas conforme calendário letivo de 2019.

Histórico

O Colégio João XXIII nasceu de um ideal comunitário quando o Padre Rui Cavalcante Barboza chegou a Colinas, no dia 15 de março de 1968. A unidade foi instalada em 09 de março de 1969, com três professores e 93 alunos. Hoje a escola é destaque no Estado e passou por um processo de reestruturação com investimentos nas áreas tecnológicas, laboratoriais, acervo bibliográfico e na formação de professores.

A unidade tem como missão proporcionar aos educandos uma formação integral, voltada para o desenvolvimento de suas potencialidades, consciência social e habilidades, contribuindo para a existência de indivíduos socialmente comprometidos e articulados com a realidade, criando oportunidades de valorização, respeito e acolhimento.

De acordo com a gestora do Colégio João XXIII, Maria Lindacy Frasão, todo o trabalho da escola é desenvolvido em equipe. “Fazer parte desta história é um mérito que atribuo à grandeza desta comunidade escolar.”

Colégio da Polícia Militar

O governo diz que a meta é ampliar o atendimento das escolas militares no Estado. Até agora, são dez unidades com capacidade para atender mais de sete mil estudantes, destas, estão em funcionamento as escolas de Palmas, Araguatins, Araguaína, Arraias e Paraíso do Tocantins. A unidade de Porto Nacional inicia as atividades em agosto deste ano. Já as escolas de Colinas do Tocantins, Guaraí e Gurupi estarão em funcionamento a partir de janeiro de 2019, após reforma das instalações dos prédios.

Ordem de Serviço

Além do anúncio da instalação da unidade em Colinas, Adriana Aguiar assinou a Ordem de Serviço para a construção do refeitório do Centro de Ensino Médio Presidente Castelo Branco que atende ao programa Escola Jovem em Ação. Ao todo, serão investidos R$ 377.097,15 na estrutura para alimentação dos alunos que estudam em tempo integral na unidade de ensino.

A assinatura do contrato para a reforma da Escola Estadual Lacerdino Oliveira Campos também foi assinada. A unidade faz parte das escolas que receberão reformas por meio do Programa Estrada do Conhecimento (PEC), que visa estruturar unidades de ensino localizadas às margens da BR-153 e que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Nesta obra, a previsão é que R$ 2.438.782,33 sejam investidos em parceria com o Banco Mundial. 

 

Com Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.