publicidade
publicidade
Max:35° Min:19°
Araguaína
Araguaína-TO, quinta, 19 de julho de 2018
Siga a REDE TO

Estado

Caminhada contra a LGBTfobia é realizada em Palmas nesta quinta

Evento será realizado a partir das 16h, na avenida Tocantins, em Taquaralto

16/05/2018 16h51 | Atualizado em: 17/05/2018 14h06

Divulgação/João Guilherme Lobasz 17 de maio é um dia importante na luta pelos direitos civis dos LGBTs porque foi nesta data que a OMS retirou a homossexualidade da lista de doenças

REDAÇÃO
REDE TO


Nesta quinta-feira, 17, Palmas irá realizar uma Caminhada pelo Dia Internacional de Luta contra a LGBTfobia, que é o nome que se dá ao preconceito contra gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros e travestis. O evento acontece partir das 16 horas, na Avenida Tocantins, em Taquaralto, na região sul da capital. O ponto de concentração será na Praça da Matriz. Diversas instituições e movimentos que lutam por essa causa são parceiras.

Segundo Fábio Campos Júnior, gerente de Políticas e Proteção da Diversidade Sexual da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju),
é preciso falar sobre LGBTfobia, pois todos os dias são noticiados ataques homofóbicos à população LGBT. “Inclusive, o Brasil está entre os países mais intolerantes à diversidade sexual. Então, é fundamental que a gente entenda para poder lutar pelos diretos humanos e evitar uma sociedade excludente e discriminatória”, afirma. 

Júnior explica que a data é um marca na luta por direitos civis dos LGBTs, porque foi, em 17 de maio de 1990, que ocorreu a exclusão da homossexualidade da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CiD) da Organização Mundial de Saúde (OMS).

"Diante disso, a organização caminhada considerou importante a realização de um ato de visibilidade, com intervenções de conscientização para a população ter acesso a dados e relatos que ocorrem todos os dias, para reflexão da sociedade sobre a morte e o preconceito que os LGBTIs sofrem diariamente em Palmas, no Tocantins, no Brasil e no Mundo", finalizou. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.