publicidade
publicidade
Max:33° Min:20°
Araguaína
Araguaína-TO, sábado, 20 de outubro de 2018
Siga a REDE TO

Oportunidades

Abertas inscrições para quatro cursos gratuitos de qualificação em maio

07/05/2018 18h50 | Atualizado em: 07/05/2018 20h14

Divulgação/Marcos Filho Os cursos de capacitação são de biscuit; artesanato em jornal; peças decorativas e lembrancinhas de bebês em feltro; e confecção de tapete em malha

O Centro de Geração de Renda, em Araguaína, no norte do Tocantins, está com inscrições abertas para quatro cursos de capacitação: biscuit; artesanato em jornal; peças decorativas e lembrancinhas de bebês em feltro; e confecção de tapete em malha. O início das aulas está previsto para 21 de maio. O curso é gratuito e as aulas serão ministradas no centro, localizado na Rua Primeiro de Janeiro, nº 1.800, em frente à Praça das Bandeiras.

Os cursos de biscuit e artesanato em jornal serão realizados no período da manhã, das 8h às 11h. Já os cursos de peças decorativas e lembrancinhas de bebês em feltro, e confecção de tapete em malha começam às 14h e finalizam às 17h. As quatro modalidades têm duração de 30 dias com carga horária de 80 horas. Cada grupo tem 20 vagas disponíveis, cadastradas por ordem de chegada.

Bons exemplos

Maria Zilma Brandão Leite, 56 anos, vendeu bolo na rua para formar uma filha em matemática. Há cerca de cinco anos, recolheu uma máquina de costura do lixo e começou a fazer tapetes de retalho para vender aos vizinhos. Com o mínimo da aposentadoria e prestações da casa própria para pagar, procurou uma saída para melhorar a renda. Após o curso de tapetes, ela conquistou clientela com pedidos de encomendas.

“Hoje, meus tapetes já me ajudam quando me faltam as coisas, como carne, café e arroz”, expõe. Maria também considera o empreendedorismo importante para a independência da mulher. “A gente tendo dinheiro não tem aquele negócio: ‘Marido, me dê R$ 20'. E ele logo pergunta: 'Para quê?’. Quando a gente tem o nosso, nos sentimos mais fortes. Estou gastando é o meu”.

De aluna a instrutora

Wânia Ramos, de 53 anos, também é exemplo de força, a artesã conta que chegou em Araguaína sem renda, viúva e com quatro filhos. Junto com o pouco que os pais aposentados podiam ajudar, do artesanato que já conhecia tirou a renda para alimentar os filhos. Após o curso de tapetes, passou de aluna a instrutora.

Para ela, o trabalho que realiza vai além. “O artesanato é importante para mim porque eu era uma pessoa infrutífera. Por meio do artesanato me descobri. Comecei a investir em mim, comprar roupas. Hoje, estou transmitindo aquilo que aprendi para minhas alunas, que elas podem se realizar e se sentirem úteis na sociedade. A mulher não foi feita simplesmente para ser cozinheira e faxinar. Foi feita para brilhar”.

Qualificação profissional

Desde 2013, mais de seis mil pessoas receberam formação profissional gratuita ofertada pela Prefeitura de Araguaína. Em funcionamento desde 2014, o Centro de Geração de Renda foi responsável pela capacitação de 4.242 pessoas.

 

Com Ascom/Prefeitura

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.