publicidade
publicidade
Max:33° Min:22°
Araguaína
Araguaína-TO, terça, 20 de novembro de 2018
Siga a REDE TO

Municípios

Araguaína: Prefeitura propõe reajuste de 2,8% no salário de servidores

Projeto de lei que concede aumento foi encaminhado para Câmara Municipal

07/05/2018 18h47 | Atualizado em: 08/05/2018 23h48

REDE TO Reajuste proposto pelo Executivo municipal deve aumentar folha de pagamento em mais de R$ 513 mil por mç

REDAÇÃO
REDE TO


Foi encaminhado à Câmara Municipal de Araguaína, no norte do Tocantins, na última sexta-feira, 4, o projeto de lei complementar que reajusta o salário dos servidores públicos municipais em 2018. Para este ano, a correção será de 2,84%. De acordo com a prefeitura, o valor respeita o acordo com sindicato, orçamento municipal e acompanha a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado nos últimos 12 meses.

Se aprovada pelo legislativo, a lei entrará em vigor e terá efeito retroativo ao salário do mês de março, data base da categoria. "O piso salarial municipal será mantido em R$ 1.000, respeitando assim o princípio legal para que nenhum servidor receba remuneração inferior ao salário mínimo, bem como evitando distorções futuras", afirmou a gestão do prefeito Ronaldo Dimas (Sem partido). 

Ainda segundo a prefeitura, a última folha mensal de pagamento, sem encargos, foi de R$ 13.424.082,49. Com o aumento, explica o município, haverá adição estimada em R$ 513.986,37, indo para R$ 13.938.068,86.

O reajuste vale para servidores efetivos, comissionados, contratos temporários e agentes políticos. O PL foi enviado à Câmara junto ao pedido de urgência e relevância.


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.