publicidade
publicidade
Max:35° Min:19°
Araguaína
Araguaína-TO, domingo, 19 de agosto de 2018
Siga a REDE TO

Educação

Mais de 180 mil alunos participam da Olimpíada de Matemática no TO

A 13ª edição da Obmep mobiliza 687 escolas nos 139 municípios do estado

06/06/2017 12h36 | Atualizado em: 07/06/2017 15h11

Divulgação/Márcio Vieira A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) é considerada a maior competição estudantil do País

Mais de 180 mil alunos dos 139 municípios tocantinenses participam nesta terça-feira, 6, da 1ª fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). A maior competição estudantil do País é organizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), em parceria com o Ministério da Educação (MEC). A Obmep 2017 registrou recorde no número de unidades de ensino inscritas: 53.230 em todo o Brasil. No Tocantins, 687 escolas municipais, estaduais e particulares estão participando da 13ª edição da olimpíada.

O objetivo da Obmep é contribuir para o estudo da matemática no Brasil, identificando jovens talentos na área e incentivando o ingresso em carreiras científicas e tecnológicas. A competição pretende ainda promover a inclusão social pela difusão do conhecimento. As provas da primeira etapa serão aplicadas e corrigidas pelas próprias escolas, seguindo as instruções e os gabaritos encaminhados às unidades de ensino pelo Impa. Cada teste terá 20 questões de múltipla escolha, que deverão ser respondidas em duas horas e 30 minutos, com graus de dificuldade diferenciados para os alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e para o nível médio.

De acordo com o coordenador regional da Obmep no Tocantins, Wiliam Carlos de Sousa, cerca de 5% dos alunos passarão à segunda fase. “Os estudantes classificados seguem para a etapa seguinte, no dia 16 de setembro, quando terão que solucionar seis questões discursivas”, explicou.

Os melhores colocados, além de receberem medalhas conforme o desempenho na competição, serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica Júnior, que propicia aos alunos um contato mais aprofundado com a matemática. A iniciativa oferece diversas atividades orientadas por professores qualificados em instituições de pesquisa, objetivando despertar a vocação científica dos alunos, além de estimular a criatividade por meio de problemas matemáticos.

Aplicativo da Obmep

Em 2017, as escolas terão duas opções de envio dos cartões-resposta dos alunos classificados para a 2ª fase: via correios ou por meio do aplicativo da Obmep, disponível neste link. O aplicativo está disponível para o sistema Android. Para acessar as funções, a instituição de ensino deverá utilizar o login e senha na página da olimpíada.

Segundo Wiliam Carlos, além da digitalização e envio dos cartões, o aplicativo permite que as escolas informem necessidades especiais dos alunos classificados, que sejam verificadas pendências para a classificação da escola para a 2ª fase, além de receberem informações sobre a Obmep. “Não é obrigatório o uso da ferramenta. As escolas que tiverem dificuldades para acessar o aplicativo poderão enviar normalmente os cartões-resposta pelos correios, por meio do e-ticket que já está incluso no material recebido”, enfatizou. 

 

Com Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.